Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poemas de Mário Quintana

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Mário Quintana, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Mário Quintana

Poemas e Poesias de Mário Quintana

Poeta gaúcho nascido em Alegrete, Rio Grande do Sul, Brasil em 30 de julho de 1906, e morreu em 5 de maio de 1994, em Porto Alegre.É o poeta das coisas simples. Despreocupado em relação à crítica, faz poesia porque "sente necessidade", segundo suas próprias palavras. Em 1928 ingressou no jornal O Estado do Rio Grande. Após ter participado da Revolução de 1930, mudou-se para o Rio de Janeiro, retornando em 1936 para a Livraria do Globo, em Porto Alegre, onde trabalhou sob a direção de Erico Verissimo. Traduziu Charles Morgan, Proust, Conrad, Balzac ,Rosamond Lehman, Lin Yutang, Voltaire, Virginia Woolf, Papini, Maupassant. Em sua poesia há um constante travo de pessimismo e muito de ternura por um mundo que, parece, lhe é adverso.
Em 1940, lançou a Rua dos Cataventos, seu Primeiro livro de poesias.
Obras:
A Rua dos Cataventos (1940),
Canções (1945),
Sapato Florido (1947),
poemas em prosa;
Espelho Mágico (1948),
O Aprendiz de Feiticeiro (1950.) Em 1962 reuniram-se suas obras em um único volume, sob o título
Poesias.
Outras obras:
Pé de Pilão (1968),
Apontamentos de História Sobrenatural (1976),
A Vaca eo Hipogrifo (1977),
Prosa e Verso (1978),
Nova Antologia Poética (1982),
Batalhão das Letras (1984).
Baú de Espantos (1986),
Preparativos de Viagem (1987),
além de varias antologias.



Mário Quintana: O auto Retrato
Mário Quintana: A canção da vida
Mário Quintana: Amigos
Mário Quintana: A idade de ser feliz
Mário Quintana: O Silêncio
Mário Quintana: De Repente
Mário Quintana: Canção de Barco e Olvido
Mário Quintana: Os poemas
Mário Quintana: Os degraus
Mário Quintana: Eu escrevi um poema triste
Mário Quintana: Do amoroso sentimento
Mário Quintana: Das Utopias
Mário Quintana: Da observação
Mário Quintana: Devagarinho…
Mário Quintana: Canção da janela aberta
Mário Quintana: Obsessão do mar oceano
Mário Quintana: Sempre
Mário Quintana: Vida



Meu Amigo Internauta
Amizade: Você que é meu amigo, você que sempre me socorre quando preciso, você que fala de assuntos interessantes às vezes coisas banais que para mim são tão importantes! Você, que, às vezes, tão longe, mas que sinto tão perto em meu coração... Você, meu amigo, que não vejo os olhos, mas sinto a alma, está sempre próximo, bem mais perto...
http://poemas.hlera.com.br/amizade/meu-amigo-internauta-/

Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter
Fernando Pessoa: Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugna-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito. ...
http://poemas.hlera.com.br/fernando-pessoa/adoramos-a-perfeicao-porque-nao-a-podemos-ter/

Eu e Você
Amor: Eu e Você E nada mais, Nem mais um sinal Nem mais perguntas. Eu e Você Basta para se sentir feliz. O mundo inteiro Poderia parar e aplaudir Eu e Você, Pois dançamos muito bem, Não erramos nem um passo Que a vida nos ensinou, E que o amor aprovou. Nada mais importa, Basta Eu e Você Para se escrever uma história, Para saber o porquê De...
http://poemas.hlera.com.br/amor/eu-e-voce/

Falar de Amor
Amor: Se não estivesse fora de moda... Eu iria falar de Amor. Daquele amor sincero, olhos nos olhos, frio no coração. Aquela dorzinha gostosa, de ter muito medo de perder tudo. Daqueles momentos que só quem já amou um dia, conhece bem. Daquela vontade de repartir, de conquistar todas as coisas... Mas...
http://poemas.hlera.com.br/amor/falar-de-amor-/

Que presente te dar
Affonso Romano de Sant'ana: Que presente te darei, eu que tanto quero e pouco dou, porque mesquinho, egoísta, distraído não te cumulo daquilo que deveria cumular? Deveria desatar inúmeros presentes ao pé da árvore, entreabrindo jóias, tecidos, requintados e pessoais objetos, ou deveria dar-te o que não posso buscar lá fora, mas o que em mim está fechado...
http://poemas.hlera.com.br/affonso-romano-de-santana/que-presente-te-dar/

Aniversário de Esposa
Aniversário: Neste dia, quero desejar a você, meu amor... toda felicidade que existe... você, que é uma pessoa extraordinária, uma esposa magnífica... quero falar que eu tenho muito orgulho de tê-la como minha querida companheira... Sei que tudo que eu disser neste momento não vai substituir o nosso amor um pelo outro... Sempre vivemos...
http://poemas.hlera.com.br/aniversario/aniversario-de-esposa/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó






Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer