Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poema de Affonso Romano de Sant'ana

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Affonso Romano de Sant'ana, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Affonso Romano de Sant'ana » Palavras que atrapalham e ajudam a viver

Palavras que atrapalham e ajudam a viver

"Mas você sabe que a pessoa pode
encalhar numa palavra e perder anos de vida?"
(Clarice Lispector)

Vejam só: encalhar numa palavra.
A pessoa lá vai no seu barquinho vida adentro e, de repente, encalha numa palavra.
Pode ser “ marxismo”, “Deus”,”pai”, “vanguarda”, “revolução”, “Paris”, “aposentadoria”.
As palavras são paralisantes.
O Brasil, por exemplo, no princípio do século estava encalhado na “febre amarela”.
Nos últimos anos reencalhou na “ditadura” e na “censura”.
Tem hora que encalha na “inflação”.
Agora encalhou no “desemprego”.
E está difícil desencalhar da “reforma agrária”, da “corrupção” e do “subdesenvolvimento”.

Os escritores, sobretudo, encalham muito nas palavras.
João Cabral se referia a Graciliano Ramos como um homem “com as mesmas vinte palavras girando ao redor do sol”. Joyce, com Ulisses e Finnegans wake encalhou titanicamente numa região cheia de palavrosos icebergs .
Alguns poetas que conheço estão há cinqüenta anos engastalhados em palavras como “Pound, ideograma, morte do verso, Joyce, un coup de dès”, e não há quem os demova.

Quem leu O nome da rosa se lembra que havia lá na biblioteca medieval um texto impossível, envenenado, como o fruto interditado no meio do jardim.
É que as palavras, com essa coisa de se plantarem em nossa vida, nos alimentam e nos matam, são remédio e veneno, e, como os produtos de uma farmácia, são drogas que podem sarar ou curar.
É uma questão de alquimia verbal saber administrá-las.
Aurélio Buarque de Hollanda, que dicionarizava rebanhos de palavras, enfatizando o lado positivo das palavras, me disse um dia: “nós temos que dar oportunidade às palavras”.
Entendi isto como uma sugestão para a gente se desencalhar e ir desfrutando palavras novas, como o amante que com um novo amor renasce vida afora.

Em algumas culturas certas palavras não podem sequer ser pronunciadas, pois trazem desgraças.
Mas em algumas narrativas certos vocábulos abrem grutas , cofres e corações.
Sim, algumas palavras ajudam o barco a flutuar: “esperança”, “amanhã”, “utopia”.
Pode-se também passar uma estação com algumas delas, como se pode passar uma temporada num determinado lugar, num certo corpo, num certo amor.
Certas palavras são como hotéis: nelas fazemos pernoite, mas outras demandam moradia maior, são grutas ou catedrais que exigem contemplação.

Ler é tomar a palavra alheia, vesti-la, habitá-la por certo tempo.
Escritor, no entanto, não é aquele que acumula palavras obscuras num egoísta museu ou cofre de erudição, mas quem as troca na bela moeda da emoção.

Eis um bom exercício:
tome um lápis e anote as palavras que paralisaram ou fizeram sua vida avançar.
Palavras-coisas, palavras-pessoas.
Sobre a vida e sobre as palavras há várias teorias, a escolher.
Há quem diga que a vida tem que ser palavras em movimento, aquele work-in- progress de que falam os ingleses.
Se você encontrar, vinte ou trinta anos depois, uma pessoa fazendo o mesmo discurso, tenha pena, desconfie, é sinal que a vida dela emperrou.
( A menos que seja um discurso de amor).

Com as palavras a gente tem que tomar cuidado, pois no primeiro encontro nos libertam, depois nos aprisionam.
Há palavras tão duras e montanhosas, que nem com trator, só dinamitando.
E o fato é que um simples “bom dia” ou “alô” pode salvar uma vida.
A psicanálise pretende ser o método da “cura pela fala”, mas também pode se tratar pelo ouvido.
As palavras ouvidas também curam.
Vejam a mãe soprando o dedinho do filho dizendo: “já passou o dodói, pronto”.

Viver também é a arte de lidar com as palavras.

E como já disse alguém - as palavras são caminhos para encontrar as coisas perdidas.

Fonte: Affonso Romano de Sant'Anna
ID: 846



Últimos Poemas

Escritor
Carlos Drummond de Andrade: Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira. ...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/escritor/

Poema Dedicado ao Dia Internacional da Mulher
Dia das Mulheres: Que o outro saiba quando estou com medo e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta. Que o outro aceite que eu me preocupo com...
http://poemas.hlera.com.br/dia-das-mulheres/poema-dedicado-ao-dia-internacional-da-mulher-/

Amigos
Mário Quintana: Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles. A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que...
http://poemas.hlera.com.br/mario-quintana/amigos/

Louca?
Paixão: Talvez seja loucura Desejar um beijo teu Suspirar por teus toques. Me perder em desejos Sonhar com você, Acreditar em um amanhã Ao seu lado... Dizer a todos Que seu coração vai ser meu. Sei que serei louca. Mas antes louca com os meus Desejos realizados Do que uma louca por perder A chance de sonhar com você Na minha Realidade!!! ...
http://poemas.hlera.com.br/paixao/louca/

Saudade é um pouco como fome
Clarice Lispector: Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se...
http://poemas.hlera.com.br/clarice-lispector/saudade-e-um-pouco-como-fome/

Falando aos amigos
Amizade: Quero falar aos amigos... Uns ganhei há tempos. Outros são mais recentes. E quem os deu não ficou sem eles, pois amizade pode ser sempre dividida sem nunca diminuir ou enfraquecer. Pelo contrário, quanto mais dividida mais aumenta. E há mais vantagens na amizade: é uma das poucas coisas que não custam nada mas...
http://poemas.hlera.com.br/amizade/falando-aos-amigos/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer