Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poema de Reflexão

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Reflexão, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Reflexão » Círculo vicioso

Círculo vicioso

Um dia, milhões de bebês choraram na liberdade uterina do milagre da vida: nasceram. Não vestiram seus corpos, não lhes calçaram sapatos nem lhes deram o conforto do seio materno, antes da posse do sonho infantil, foram rejeitados, ao rigor do abandono.

Um dia, mãozinhas trêmulas, inseguras, sem afeto, bateram na porta do vizinho, procurando abrigo. Não havia ninguém ali para oferecer afeto nem portas havia na pobreza do lado. O menino escorregou na direção da rua.

Um dia, a criança anêmica foi eleita à marginalidade da escura noite e disputava papelões e pães no lixo do depósito público. Aos tapas, cresceu como grão perdido no vão das pedras, sem a mínima possibilidade de sobreviver: sem teto, sem luz, sem chão.

Um dia, o adolescente esperto teve alucinações de vida e o desejo de conferir a sociedade: candidatou-se à luta amarga do subemprego. Alvejado pela falta de habilitação, foi condenado como vagabundo, recebendo etiqueta oficial de mendigo.

Um dia, o adulto desiludido, amargurado, sem emprego, sem referencial, saiu à procura do amor. No escuro, mas cheio de esperanças, foi colecionando portas fechadas pelo caminho. Sem Deus, sem nome, sem avalista, sem discurso, acreditou no "slogan" das campanhas sociais.

Um dia, o menino mal nascido, mal amado, mal educado, não soube cuidar do filho que nem chegou a ver. Não ouviu seu choro. Imaginou apenas que, após nove meses de duríssima gestação, alguém brotara de um rápido encontro, irresponsável, assustado e vazio que sempre ouviu dizer que se chamava amor.

Fonte: Ivone Boechat
ID: 1039



Últimos Poemas

Dia do Amigo
Dia do Amigo: Deus, na sabedoria, criou o amigo. alguém em que se possa confiar, um amigo fiel que nos compreenda, e nos estenda sempre a mão para ajudar. Ele sentiu que precisaríamos de alguém, que nos confortasse quando estivéssemos tristes, cuja especial ternura e sorriso feliz, nos fizesse sentir que vale a pena viver. Alguém com quem dar um passeio, compartilhar...
http://poemas.hlera.com.br/dia-do-amigo/dia-do-amigo/

Despir um corpo a primeira vez
Affonso Romano de Sant'ana: Despir um corpo a primeira vez é um conhecimento entre dois deuses. Não se pode profanar o instante. E os amantes devem manter o ritmo dos altares. Porque, embora nesses rituais haja sempre panos e trajes para agradar o Olimpo, é pra nudez total que o céu nos quer quebrar. As mãos têm que ter um...
http://poemas.hlera.com.br/affonso-romano-de-santana/despir-um-corpo-a-primeira-vez/

Distância
Saudades: Coração inquieto Que procura em um olhar, A razão de ser feliz. Pensamentos que não sossegam Sentimentos travessos Que alimentam o coração. Pode chover Uma tempestade surgir, Mesmo aqui dentro O coração pede por você E minha alma vai ao encontro com sua presença... Fazendo da distância um simples detalhe; Detalhe...
http://poemas.hlera.com.br/saudades/distancia/

O povo nunca é humanitário
Fernando Pessoa: O povo nunca é humanitário. O que há de mais fundamental na criatura do povo é a atenção estreita aos seus interesses, e a exclusão cuidadosa, praticada sempre que possível, dos interesses alheios. ...
http://poemas.hlera.com.br/fernando-pessoa/o-povo-nunca-e-humanitario/

Devagarinho…
Mário Quintana: "Se tu me amas, ama-me baixinho Não o grites de cima dos telhados Deixa em paz os passarinhos Deixa em paz a mim! Se me queres, Enfim, tem de ser bem devagarinho, que a vida é breve, e o amor mais breve ainda..." ...
http://poemas.hlera.com.br/mario-quintana/devagarinho/

Beijos perdidos
Amor: Nem sei dizer quantas vezes Já me falaram de amor! Mas . . . você é diferente Faz isso com tanto ardor Ardor que vem do sentimento real, sem nenhum tormento... Desejando com sinceridade, apenas lhe dar felicidade... Como feixes amarrados Apertas meu coração Já não me basta de ver Anseio sentir teu querer Para sentir meu querer, basta realmente, querer... Basta me...
http://poemas.hlera.com.br/amor/beijos-perdidos/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer