Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poema de Amizade

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Amizade, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Amizade » Simplesmente Amigos

Simplesmente Amigos

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor.
Eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.

E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências.

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
É delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não têm noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí.

E me envergonho, porque essa minha prece é em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo. Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer.
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que não desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.

Fonte: Vinícius de Moraes
ID: 283



Últimos Poemas

Meu Quintana
Manuel Bandeira: Meu Quintana, os teus cantares Não são, Quintana, cantares: São, Quintana, quintanares. Quinta-essência de cantares... Insólitos, singulares... Cantares? Não! Quintanares! Quer livres, quer regulares, Abrem sempre os teus cantares Como flor de quintanares. São cantigas sem esgares. Onde as lágrimas são mares De amor, os teus quintanares. São feitos esses cantares De um tudo-nada: ao falares, Luzem estrelas luares. São para dizer em bares Como em mansões...
http://poemas.hlera.com.br/manuel-bandeira/meu-quintana/

Amadurecer
Reflexão: Quanto mais vivo, quanto mais insípidas me parecem as pequenas satisfações que a vida me dá, tanto mais claramente compreendo onde devo procurar a fonte das alegrias da vida Ensino e aprendo que ser amado é jogo de sedução, onde quem perde ou ganha é campeão... O dinheiro não é nada, a fama, o poder... tudo isto é importante, se for planejado para ser feliz, compartilhar, viver. ...
http://poemas.hlera.com.br/reflexao/amadurecer/

Natal, somente tradição?
Natal: Vou dizer Feliz Natal! Amigo, amiga, Filho, filha, Irmã, irmão Repetindo O cumprimento tradicional. Será mesmo Feliz Natal? Ao som de batalhas, Desastres, terror e mortes? Insegurança, lá... ao longe... E perto... inimizades, Desentendimentos Maus julgamentos. Meu Natal é menos feliz Quando vejo meu irmão chorar, Incompreendido, Insultado, Com fome, doente, Sem ânimo de luta Pra suprir, uma vida decente! Oh! Jesus querido! Perdoa-me a pretensão De que eu possa ser feliz A custa do...
http://poemas.hlera.com.br/natal/natal-somente-tradicao/

Lágrimas
Tristeza: Ela chorava muito e muito, aos cantos, Frenética, com gestos desabridos; Nos cabelos, em ânsias desprendidos, Brilhavam como pérolas os prantos. Ele, o amante, sereno como os santos, Deitado no sofá, pés aquecidos, Ao sentir-lhe os soluços consumidos, Sorria-se cantando alegres cantos. E dizia-lhe então, de olhos enxutos; - “Tu pareces nascida de rajada, Tens despeitos raivosos, resolutos; Chora, chora, mulher arrenegada; Lacrimosa...
http://poemas.hlera.com.br/tristeza/lagrimas/

Ponto de Onibus
Cantadas: Quando ele estiver esperando o ônibus no ponto diga: E aí, gato, tá no ponto? ...
http://poemas.hlera.com.br/cantadas/ponto-de-onibus/

Eu e Você
Amor: Eu e Você E nada mais, Nem mais um sinal Nem mais perguntas. Eu e Você Basta para se sentir feliz. O mundo inteiro Poderia parar e aplaudir Eu e Você, Pois dançamos muito bem, Não erramos nem um passo Que a vida nos ensinou, E que o amor aprovou. Nada mais importa, Basta Eu e Você Para se escrever uma história, Para saber o porquê De...
http://poemas.hlera.com.br/amor/eu-e-voce/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer