Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poema de Affonso Romano de Sant'ana

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Affonso Romano de Sant'ana, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Affonso Romano de Sant'ana » A implosão da mentira

A implosão da mentira

Mentiram - me.
Mentiram - me ontem
e hoje mentem novamente.
Mentem de corpo e alma completamente.
E mentem de maneira tão pungente
que acho que mentem sinceramente.
Mentem sobretudo impunemente.
Não mentem tristes,
alegremente mentem.
Mentem tão nacionalmente
que acho que mentindo história a fora
vão enganar a morte eternamente.
Mentem, mentem e calam
mas nas frases falam e desfilam de tal modo nuas
que mesmo o cego pode ver a verdade em trapos pelas ruas.
Sei que a verdade é difícil e para alguns é cara e escura,
mas não se chega à verdade pela mentira
nem à democracia pela ditadura.
Evidentemente crer que uma flor nasceu em Hiroshima
e em Auschwitz havia um circo permanentemente.
Mentem, mentem caricaturalmente,
mentem como a careca mente ao pente,
mentem como a dentadura mente ao dente
mentem como a carroça à besta em frente,
mentem como a doença ao doente,
mentem como o espelho transparente
mentem deslavadamente como nenhuma lavadeira mente
ao ver a nódoa sobre o rio
mentem com a cara limpa e na mão o sangue quente,
mentem ardentemente como doente nos seus instantes de febre,
mentem fabulosamente
como o caçador que quer passar gato por lebre
e nessa pilha de mentiras a caça é que caça o caçador
e assim cada qual mente indubitavelmente.
Mentem partidariamente,
mentem incrivelmente,
mentem tropicalmente,
mentem hereditariamente,
mentem, mentem e de tanto mentir tão bravamente
constróem um país de mentiras diariamente.

Fonte: Affonso Romano de Sant'Anna
ID: 848



Últimos Poemas

Sombras
Reflexão: O Brasil é um país rico em extensão territorial e densamente povoado. O povo é pobre e a sociedade discrimina os que podem menos. Grande maioria da população, ocupada em sobreviver, não tem tempo para refletir o que esta acontecendo a sua volta, são apenas observadores participantes, não conseguem se inserir no...
http://poemas.hlera.com.br/reflexao/sombras/

E desde então, sou porque tu és
Pablo Neruda: E desde então, sou porque tu és E desde então és sou e somos... E por amor Serei... Serás...Seremos... ...
http://poemas.hlera.com.br/pablo-neruda/e-desde-entao-sou-porque-tu-es/

Mãe Divindade Suprema
Dia das Mães: Deus fez o mundo com uma beleza inigualavel... Fez as flores, as matas, o céu, o mar... Fez tudo isso com cores alegres e extasiantes... Colocou o homem e a mulher neste universo lindo e maravilhoso, mas ao olhar para os dois seres que até, então havia criado, percebeu que a mulher era frágil,...
http://poemas.hlera.com.br/dia-das-maes/mae-divindade-suprema-/

O começo de uma nova vida!
Casamento: A primeira estrela aparecia no céu... Era um dia de luar... A saída do cartório estava cheia... Todos olhavam os noivos com carinho... Grãos de arroz voavam pelo ar... Ele sussurrou no ouvido dela... Eu te amo... Você é isso... É o meu amor... Toda a recompensa de um amor sem...
http://poemas.hlera.com.br/casamento/o-comeco-de-uma-nova-vida-/

Ternura
Vinícius de Moraes: Eu te peço perdão por te amar de repente Embora o meu amor seja uma velha canção nos teus ouvidos Das horas que passei à sombra dos teus gestos Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos Das noites que vivi acalentando Pela graça indizível dos teus passos eternamente fugindo Trago a doçura dos que aceitam melancolicamente. E posso te dizer que...
http://poemas.hlera.com.br/vinicius-de-moraes/ternura/

Poema da necessidade
Carlos Drummond de Andrade: É preciso casar João, é preciso suportar, Antônio, é preciso odiar Melquíades é preciso substituir nós todos. É preciso salvar o país, é preciso crer em Deus, é preciso pagar as dívidas, é preciso comprar um rádio, é preciso esquecer fulana. É preciso estudar volapuque, é preciso estar sempre bêbado, é preciso ler Baudelaire, é preciso colher as flores de que rezam...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/poema-da-necessidade/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer