Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poema de Reflexão

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Reflexão, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Reflexão » Velho sábio

Velho sábio

Conta a lenda que um velho sábio, tido como mestre da paciência éra capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, um homem conhecido por sua total falta de escrúpulos, apareceu com a intenção de desafiar o mestre da paciência.

O Velho Sábio aceitou o desafio e o homem começou a insultá-lo.

Chegou até a jogar algumas pedras em sua direção, cuspiu e gritou todos os tipos de insultos.

Durante horas fez de tudo para provoca-lo, mas o velho permaneceu impassível.

No final, o homem sentindo-se já exausto e humilhado, se deu por vencido e retirou-se.

Impressionados, alunos do Velho Sábio, perguntaram como ele pudera suportar tantos insultos, e ele respondeu:

"Se alguém chega até você com um presente, e você não aceita, a quem pertence o presente ?"

Pertence a quem tentou entregá-lo, respondeum um dos alunos.

"O mesmo vale para a inveja, a raiva, os insultos. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carrega consigo." respondeu o Velho Sábio.

A sua paz interior depende exclusivamente de você.

As pessoas não podem lhe tirar a calma.

Só se você permitir...

Fonte: Autor desconhecido
ID: 1033
Esse texto é de sua autoria? Comunique-nos através do Fale Conosco.



Últimos Poemas

Velha Natureza
Natureza: Tudo que a velha Natureza gera Vai sempre rumo do melhor futuro; Ela fecunda com o ânimo seguro De quem muito medita e delibera… O seu gênio de artista mais se esmera Na teoria sutil do claro-escuro, Com que exalta a verdade mais austera, Frisando em tudo o símbolo mais puro… Só faz o Mau e o Hediondo para...
http://poemas.hlera.com.br/natureza/velha-natureza/

O que é Felicidade?
Felicidade: O que é felicidade? Sorrir? Apenas ver um sorriso? Ver o mar? Sentir o cheiro das rosas? Sentir a brisa nos tocar? O que é felicidade? Sentir-nos amados? Dar amor? O que é felicidade? Rir das nossas bobagens? Correr sem direção? Brincar como criança? O que é felicidade? Estar rodeado de amigos? Sorrir com eles? O que é felicidade? Superar obstáculos? Não lembrar das coisas tristes? Ter a certeza de...
http://poemas.hlera.com.br/felicidade/o-que-e-felicidade/

Despir um corpo a primeira vez
Affonso Romano de Sant'ana: Despir um corpo a primeira vez é um conhecimento entre dois deuses. Não se pode profanar o instante. E os amantes devem manter o ritmo dos altares. Porque, embora nesses rituais haja sempre panos e trajes para agradar o Olimpo, é pra nudez total que o céu nos quer quebrar. As mãos têm que ter um...
http://poemas.hlera.com.br/affonso-romano-de-santana/despir-um-corpo-a-primeira-vez/

Os ombros suportam o mundo
Carlos Drummond de Andrade: Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus. Tempo de absoluta depuração. Tempo em que não se diz mais: meu amor. Porque o amor resultou inútil. E os olhos não choram. E as mãos tecem apenas o rude trabalho. E o coração está seco. Em vão mulheres batem à porta, não abrirás. Ficaste sozinho,...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/os-ombros-suportam-o-mundo/

Soneto 17
William Shakespeare: Se te comparo a um dia de verão És por certo mais belo e mais ameno O vento espalha as folhas pelo chão E o tempo do verão é bem pequeno. Ás vezes brilha o Sol em demasia Outras vezes desmaia com frieza; O que é belo declina num só dia, Na terna mutação da natureza. Mas em ti...
http://poemas.hlera.com.br/william-shakespeare/soneto-17/

De Repente
Mário Quintana: Olho-te espantado: Tu és uma Estrela do mar. Um mistério estranho. Não sei... No entanto, O livro que eu lesse, O livro na mão. Era sempre o teu seio! Tu estavas no morno da grama, Na polpa saborosa do pão... Mas agora enchem-se de sombra os cântaros. E só o meu...
http://poemas.hlera.com.br/mario-quintana/de-repente/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer