Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut

Pesquisa personalizada

Poemas de Pablo Neruda

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Pablo Neruda, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Pablo Neruda

Poemas e Poesias de Pablo Neruda

Pablo Neruda, nascido Neftalí Ricardo Reyes Basoalto, (Parral, 12 de Julho de 1904 — Santiago, 23 de Setembro de 1973) foi um poeta chileno, um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX e cônsul do Chile na Espanha (1934-1938) e no México. Recebeu o Nobel de Literatura em 1971.

Neruda era filho de José del Carmen Reyes Morales, operário ferroviário, e de Rosa Basoalto Opazo, professora primária, morta quando Neruda tinha um mês de vida.

Em 1906 o pai se transferiu para Temuco, onde se casou com Trinidad Candia Marverde, que o poeta menciona em diversos textos, como "Confesso que vivi" e "Memorial de Ilha Negra", como o nome de Mamadre. Estudou no Liceu de Homens dessa cidade, e ali publicou seus primeiros poemas no periódico regional "A Manhã". Em 1919 obteve o terceiro lugar nos Jogos Florais de Maule com o poema Noturno Ideal.

Em 1921 radicou-se em Santiago e estudou pedagogia em francês na Universidade do Chile, obtendo o primeiro prêmio da festa da primavera com o poema "A Canção de Festa", publicado posteriormente na revista Juventude. Em 1923 publica Crespusculário, que é reconhecido por escritores como Alone, Raul Silva Castro e Pedro Prado. No ano seguinte aparece pela Editorial Nascimento seus "Vinte poemas de amor e uma canção desesperada", no que ainda se nota uma influência do modernismo. Posteriormente se manifesta um propósito de renovação formal de intenção vanguardista em três breves livros publicados em 1936: O habitante e sua esperança; Anéis (em colaboração com Tomás Lagos) e Tentativa do homem infinito.

Em 1927 começa sua longa carreira diplomática quando é nomeado cônsul em Rangum, Birmânia. Em suas múltiplas viagens conhece em Buenos Aires Federico Garcia Lorca e em Barcelo Rafael Alberti. Em 1935, Manuel Altolaguirre entrega a Neruda a direção da revista "Cavalo verde para a poesia" na qual é companheiro dos poetas da geração de 27. Nesse mesmo ano aparece a edição madrilenha de "Residência na terra".

Em 1936, eclode a Guerra Civil espanhola: Neruda é destituído do cargo consular e escreve "Espanha no coração"

Em 1945 é eleito senador e obtém o Prêmio Nacional de Literatura.

Em 1950 publica "Canto Geral", em que sua poesia adota intenção social, ética e política. Em 1952 publica «Os Versos do Capitão» e em 1954 «As uvas e o vento» e «Odes Elementares».

Em 1953 constrói sua casa em Santiago apelidada "La Chascona" para se encontrar clandestinamente com sua amante Matilde, a quem havia dedicado a obra «Os Versos do Capitão». A casa foi uma de suas três casas no Chile, as outras estão em Isla Negra e Valparaíso. "La Chascona" é um museu com objetos de Neruda e pode ser visitada, em Santiago. Recebeu o Prêmio Lênin da Paz.

Em 1958 apareceu Estravagario com uma nova mudança em sua poesia.

Em 1965 lhe foi outorgado o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Oxford, Grã-Bretanha.

Em outubro de 1971 recebeu o Prêmio Nobel de Literatura.

Morreu em Santiago em 23 de setembro de 1973, de câncer na próstata. Postumamente foram publicadas suas memórias em 1974, com o título "Confesso que vivi" .

Em 1994 um filme chamado Il Postino (também conhecido como O Carteiro e O Poeta ou O Carteiro de Pablo Neruda no Brasil e em Portugal) conta sua história numa ilha na Itália com sua terceira mulher Matilde. No filme Neruda torna-se amigo de um carteiro que lhe pede para ensinar a escrever versos (para poder conquistar uma bonita moça do povoado).

Durante as eleições presidenciais do Chile nos anos 70, Neruda abriu mão de sua candidatura para que Salvador Allende vencesse, pois ambos eram marxistas e acreditavam numa América Latina mais justa que, a seu ver, poderia ocorrer com o socialismo.

Pablo Neruda: Aqui eu te amo
Pablo Neruda: O Vento na Ilha
Pablo Neruda: É tão curto o amor, tão longo o esquecimento
Pablo Neruda: Walking Around
Pablo Neruda: Angela Adonica
Pablo Neruda: Aqui te amo
Pablo Neruda: Dois amantes felizes não têm fim nem morte
Pablo Neruda: Saudade
Pablo Neruda: É Proibido
Pablo Neruda: Te Quero
Pablo Neruda: Quero apenas cinco coisas
Pablo Neruda: E desde então, sou porque tu és
Pablo Neruda: Dois
Pablo Neruda: É assim que te quero
Pablo Neruda: Talvez
Pablo Neruda: Plena Mulher
Pablo Neruda: Gosto quando te calas
Pablo Neruda: Antes de amar-te
Pablo Neruda: O teu riso
Pablo Neruda: A timidez
Pablo Neruda: A verdade é que não há verdade
Pablo Neruda: Os poetas odeiam o ódio e fazem guerra à guerra
Pablo Neruda: A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem
Pablo Neruda: Os teus pés
Pablo Neruda:
Pablo Neruda: Posso escrever os versos mais tristes esta noite
Pablo Neruda: A dança
Pablo Neruda: É tão difícil
Pablo Neruda: Já não se encantarão os meus olhos nos teus olhos



Soneto de Fidelidade
Vinícius de Moraes: De tudo ao meu amor serei atento Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento. Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou seu contentamento E...
http://poemas.hlera.com.br/vinicius-de-moraes/soneto-de-fidelidade/

Falando aos amigos
Amizade: Quero falar aos amigos... Uns ganhei há tempos. Outros são mais recentes. E quem os deu não ficou sem eles, pois amizade pode ser sempre dividida sem nunca diminuir ou enfraquecer. Pelo contrário, quanto mais dividida mais aumenta. E há mais vantagens na amizade: é uma das poucas coisas que não custam nada mas...
http://poemas.hlera.com.br/amizade/falando-aos-amigos/

Não deixe para amanhã
Otimismo: Não deixe para amanhã Amanhã pode ser muito tarde Para você dizer que ama, Para você dizer que perdoa, Para você dizer que desculpa, Para você dizer que quer tentar de novo... Amanhã pode ser muito tarde Para você pedir perdão, Para você dizer: Desculpe-me, o erro foi meu!... O seu amor,...
http://poemas.hlera.com.br/otimismo/nao-deixe-para-amanha-/

Amei
Amor: Você que me perturba, me faz guardar sentimentos... Guardo como um segredo, segredo que me faz feliz... Feliz por ter você às vezes, às vezes triste por não ter. Não ter naquela hora, que mais quero, que mais preciso. Preciso dos teus carinhos, teus lábios, teus braços e teu amor. Amor que enlouquece, embriaga e enriquece. Amor...
http://poemas.hlera.com.br/amor/amei/

Por Você
Namoro: Por você eu amei eu vivi eu lutei Da minha alma lágrimas saíram E dos meus olhos lágrimas rolaram Na minha vida sonhos eu tive E com sua ausência eles se acabaram De tudo que por você fiz E tudo que por você enfrentei não vou amar alguém assim como te amei Por esse amor eu vivi, eu chorei,...
http://poemas.hlera.com.br/namoro/por-voce/

A Felicidade é o Caminho
Felicidade: A felicidade é o caminho! Por muito tempo, pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade. Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver. Um trabalho não terminado, uma conta a ser paga... Aí sim, a vida de verdade começaria. Por fim, cheguei à conclusão de que esses...
http://poemas.hlera.com.br/felicidade/a-felicidade-e-o-caminho/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó






Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer