Poemas e Poesias, Poemas de Amor para Orkut, Mensagens, Recados para Orkut
Itcarioca ›

Pesquisa personalizada

Poema de Fim de Relacionamento

Seja bem-vindo ao site de Poemas para Orkut. Aqui você encontra centenas de Mensagem, Poetas, Poemas de Fim de Relacionamento, Poesias, Mensagens, Pablo Neruda, Poemas famosos, Recados e Scraps para Orkut, Recadinhos e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, Hi5, no seu Blog e Fotolog.


Você está em: Poemas » Fim de Relacionamento » Triste fim

Triste fim

Olha só, eu realmente não imaginava que isso ia acontecer dessa forma.
Pensei que, como eu sou uma pessoa sincera, tudo acabaria também sinceramente.
E tudo aconteceu duma forma idiotinha.
Simplesmente ninguém ligou pra ninguém.
Aliás, você não me deu satisfação. E eu não dei sinal de vida porque cansei de bancar a otária ligando pra você.
Bom, acabar nossa " história" dessa forma foge dos meus princípios, mas tudo nesse tempo fugiu dos meus princípios.
Que triste! E eu que nunca imaginei que iria prestar um papel desses! Aceitando uma brincadeirinha idiota com um garoto que só queria se divertir! Mas divertir é algo tão bonito, todos procuram isso; mas eu falo aqui de se divertir sem se importar com os sentimentos dos outros.
Olha só garoto, você passou quase um ano perturbando a cabeça de alguém. E fez isso da pior forma possível. Mas eu estava apaixonada!
Pobre idiota que fui!
Tudo bem. Agora está tudo bem. Não estou escrevendo isso aqui pra bancar a vítima não. Apenas estou transmitindo o que estou sentindo no momento.
Saiba que eu levei você a sério. E isso é o que mais me dói!
Bom, como disse antes, não gostaria que terminasse desse jeito, mas se formos analisar direito isso nunca começou.
Eu só faço um último pedido a você:
Não faça isso com mais ninguém!
Se toque! Você é um simples mortal como todos os outros. Então não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você!
Adeus.


Fonte: Yasmin
ID: 443



Últimos Poemas

Caso do Vestido
Carlos Drummond de Andrade: Nossa mãe, o que é aquele vestido, naquele prego? Minhas filhas, é o vestido de uma dona que passou. Passou quando, nossa mãe? Era nossa conhecida? Minhas filhas, boca presa. Vosso pai evém chegando. Nossa mãe, dizei depressa que vestido é esse vestido. Minhas filhas, mas o corpo ficou frio e...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/caso-do-vestido/

Coliseu
Cecília Meireles: Cem mil pupilas houve: - cem mil pupilas fitas na arena. Os olhos do Imperador, dos patrícios, dos soldados, da plebe. Os olhos da mulher formosa que os poetas cantaram. E os olhos da fera acossada, do lado oposto. Os olhos que ainda brilham fulvos, agora, na eternidade igual de todos. Cem mil pupilas: - ilustres, insensatas, ferozes, melancólicas, vagas, severas, lânguidas... Cem...
http://poemas.hlera.com.br/cecilia-meireles/coliseu/

Mãe é Tudo
Dia das Mães: Em nossa infância de sonhos, com a magia do amor é Fada que mostra a vida sem os espinhos da dor. E quando, na mocidade, trilhamos grandes desertos, é Estrela de luz amiga guiando os passos incertos. E no fim, desiludidos, sem esperança e ninguém, é Saudade que nos lembra: - fomos felizes também! ...
http://poemas.hlera.com.br/dia-das-maes/mae-e-tudo/

A palavra mágica
Carlos Drummond de Andrade: Certa palavra dorme na sombra de um livro raro. Como desencantá-la? É a senha da vida a senha do mundo. Vou procurá-la. Vou procurá-la a vida inteira no mundo todo. Se tarda o encontro, se não a encontro, não desanimo, procuro sempre. Procuro sempre, e minha procura ficará sendo minha palavra. ...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/a-palavra-magica/

Amar o perdido
Carlos Drummond de Andrade: Amar o perdido deixa confundido este coração. Nada pode o olvido contra o sem sentido apelo do Não. As coisas tangíveis tornam-se insensíveis à palma da mão Mas as coisas findas muito mais que lindas, essas ficarão. ...
http://poemas.hlera.com.br/carlos-drummond-de-andrade/amar-o-perdido/

Agora vivo num tempo emprestado
Agatha Christie: Agora vivo num tempo emprestado, aguardando na sala de espera pelas reuniões que inevitavelmente virão. E depois - vou para a próxima coisa, seja lá o que for. Quem tem sorte não precisa passar por isso. ...
http://poemas.hlera.com.br/agatha-christie/agora-vivo-num-tempo-emprestado/



Mande Poemas para os seus amigos no seu Orkut, MySpace e Hi5
Seja bem-vindo ao site de Poemas e Poesias. Aqui você encontra centenas de mensagens e poemas que você pode usar no Orkut, MySpace, no seu Blog, Fotolog, etc.

Poema, Poma, Peoma, Poena, Poesia, Poesias, Poeta? Você quis dizer: Poemas?


Mais Poemas
Poema de Amizade
Poema de Amor
Poema de Aniversário
Poema de Anjos
Poema de Ano Novo
Poema de Bom Dia
Poema de Cantadas
Poema de Cumprimentos
Poema de Dia das Mães
Poema de Dia das Mulheres
Poema de Dia do Amigo
Poema de Dia dos Pais
Poema de Família
Poema de Formatura
Poema de Humor
Poema de Mãe
Poema de Namoro
Poema de Natal
Poema de Natureza
Poema de Páscoa
Poema de Paz
Poema de Primavera
Poema de Reflexão
Poema de Tristeza
Poema de Vida
Poema de Vovó





Site Meter
Poemas para Orkut - Não somos afiliados ao Orkut, Google, ou qualquer outra instituição citada. Prestamos apenas um serviço de utilidade pública, que diz respeito a inclusão de Poemas e Poesias nos "scraps" (recados) do Orkut.
Todas as mensagens são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama Mesa Banho, Resumo de Livros, Lençol de Malha, Cursos, Fotos de Mulheres
Carnaval, Carros, Desenhos, Frases, Piadas, Músicas, Notícia e Jornal, Gaspar, Mensagens, Poemas, Recados para orkut, Web Designer
Web Designer